Pressione o botão vermelho

Sabe aquela pessoa que faz tudo para todo mundo, mas quando é pra si mesmo pensa duas vezes, ou então, já está cansado demais por ter feito tudo pelos outros e esquece de si mesmo?


Pois é...você conhece alguém assim?


Essas pessoas geralmente são caracterizadas por serem proativas, com espírito independente e possuidoras de um amor fraternal, que inicialmente, possa beirar a inocência. Toda via, com o tempo, essa pessoa passa a perceber que nem todos possuem a mesma consideração com ela que ela teve com os demais, assim ela se afasta aos poucos da inocência, mas o amor fraternal é parte da sua essência e ele não irá desaparecer.


Por mais que a intenção seja sempre a melhor possível, visando ajudar quem compõe seu círculo de convivência, essas pessoas muitas vezes são cercadas de frustrações.

Frustados por não sentirem a reciprocidade (não porque ela tenha que existir, mas porque assim como apoiamos, gostamos do apoio da mesma forma...somos todos humanos).

Frustados por não serem prioridades em suas próprias vidas, e muitas vezes, quando se percebe isso, muito tempo e oportunidades já foram perdidos. Portanto, há frustração na expectativa, frustração na realização e frustração no entendimento.


Sim...frustrados no entendimento, porque geralmente nestes casos a própria pessoa se culpa por não estar alcançando o planejado, seja na saúde, no trabalho, nos estudos ou em uma relação. Mas não alcança, não por ser incapaz. O motivo é o desperdício de energia. Energia que é dispersa tentando ajudar os outros.


Mas aí você pode dizer: "E isso é errado? Como pode ajudar aos outros ser errado?"


Não! Ser altruísta não é errado ou ruim, porém se isso está impactando negativamente em sua vida, precisa ser revisto. Revisto nível, intensidade, frequência e principalmente a forma de interferência na sua própria vida.


O ato dispersar energia própria com os demais, deve ser repensado quando você perceber que está deixando de focar energia nos seus próprios objetivos, para focar nas necessidades dos outros.


Então, ai vão as minhas dicas para você que é assim:

01) Procure terapia para lhe ajudar a tratar os sentimentos envolvidos nesse processo, como a frustração;

02) Seja um pouquinho egoísta, em pequenas doses, pode fazer bem. Seja egoísta e queira um pouco do seu tempo e da sua energia reservados somente para você. Não deixe que haja inversão de prioridades. SEMPRE a prioridade deve ser você! Para que, estando bem, você possa fazer o bem para os outros também!

Assim sendo...pressione o botão vermelho sempre que for necessário!!!



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Tags
ATENDIMENTO ONLINE
OU
ATENDIMENTO PRESENCIAL EM SÃO PAULO (SP) E SALVADOR (BA)!

(11) 973719404

Espaço Maesthria
Rua Vergueiro, 2253. Ao lado do metrô Ana Rosa.

São Paulo – SP

Núcleo de Terapia Integrada Jordan Campos
Av. ACM, 3244, Caminho das Árvores – Empresarial Thomé de Souza

Salvador – BA

  • Facebook Social Icon
  • Google ícone social Places
  • Instagram Social Icon