Abordagens terapêuticas

Constelação familiar

A constelação familiar é uma abordagem criada pelo terapeuta alemão Bert Hellinger. Ele afirma que somos parte de sistemas familiares, seja em um sistema empresarial ou em um sistema com grupos de pessoas.

O objetivo da constelação é desconstruir conflitos existentes nas relações do sistema em que o indivíduo em terapia faz parte. Esta abordagem não está ligada a nenhuma religião ou crença, nela trabalhamos apenas com energia, sendo capaz de revelar coisas que muitas vezes estão ocultas dentro das relações do sistema. 

Para constelar, fazemos representações que ocorrem basicamente de duas maneiras: individualmente ou em grupo. A constelação individual é feita no consultório e envolve apenas a participação do terapeuta e  seu paciente. A constelação em grupo, conta com a ajuda de outras pessoas, que atuam representando os principais integrantes do sistema que estão envolvidos no problema a ser trabalhado, o que da maiores possibilidades a constelação.

Constelação familiar